Pousada Fazenda das Videiras - Araras Petrópolis, Estado do Rio de Janeiro, 25725-029, Brasil

Taxa de Rolha

Posso levar meu vinho?

  • 24469264

Um número bem considerável de restaurantes simplesmente não admite esta prática. Negam-se a fornecer taças e a abrir a garrafa.

Argumentam que o procedimento é ofensivo, pois equivale a levar um pedaço de picanha para a churrascaria e pedir ao churrasqueiro para assá-la...

Os vinhos são apresentados aos clientes por meio de uma Carta de Vinhos que é muito mais do que uma relação de vinhos e seus respectivos preços. Ela é bem singular. Primeiramente, porque é uma obra de autor, isto é, leva a assinatura de quem a elaborou – no caso, o sommelier Gaspar Vianna, formado pela Associação Brasileira de Sommeliers do Rio de Janeiro. Em segundo lugar, porque tem uma Introdução, onde o autor apresenta, em linhas gerais, a filosofia que inspirou a elaboração da Carta. Em terceiro lugar, é uma carta dividida em três volumes específicos. E, ao folheá-la, a gente se surpreende com uma quantidade de informações sobre cada um dos vinhos jamais apresentada em outra carta de vinhos

Portanto, já ensina a velha sabedoria que a gente deve saber com exatidão onde está pisando. Uma coisa é um restaurante que não oferece vinhos aos seus clientes ou tem apenas uma relação com uma dúzia de produtos bem populares, todos com o preço final inferior a R$99. Neste caso, levar um vinho de inquestionável qualidade, com custo acima deste valor, pode se justificar. Mas, de qualquer forma, a boa educação recomenda conhecer a prática da casa, ainda que seja através de um simples telefonema.

Outra coisa é um restaurante enogastronômico, que investiu para oferecer aos seus clientes uma adega climatizada, uma carta com vinhos bons, ótimos, excelentes e excepcionais, profissionais habilitados (sommelier e garçons) e taças apropriadas para cada tipo de vinho. Neste caso, convém se certificar antes se o seu vinho não consta da carta de vinhos do restaurante. Por exemplo: se a casa é de comida italiana e tem uma carta com os melhores vinhos do Piemonte, com grandes Barolos e Barbarescos, não tem sentido aparecer por lá levando um Dolcetto d´Alba ou um Barbera d´Asti.

Tenha sempre em conta que é ridículo e ofensivo levar um vinho a um restaurante, com o propósito de economizar, de gastar menos. Só se dê ao trabalho de levar o seu vinho se ele estiver à altura de acompanhá-lo dignamente ao estabelecimento escolhido. Quem, por exemplo, poderá negar que o Cheval Blanc da safra de 1982, guardado na sua adega e esperando por um grande momento, é uma companhia acima de qualquer dúvida ou questionamento?

No caso do restaurante Fazenda das Videiras, informamos que adotamos a política de não incluir na carta os vinhos cujo preço final ao consumidor teria que ser superior a R$ 1.999,00 (hum mil, novecentos e noventa e nove reais), em valores de março de 2015. Oferecemos em nossa carta cerca de setenta vinhos excepcionais, laureados com pontuação máxima em degustação às cegas promovidas por instituições idôneas, mas sempre com preços inferiores ao nosso teto estabelecido. É nosso prazer e compromisso garimpar os vinhos considerados campeões da relação preço-qualidade!

Portanto, quem tiver em sua adega domiciliar vinhos como os Château Haut-Brion, Château Lafite-Rothschild, Château Latour, Château Margaux, Château Mouton-Rothschild, Château Cheval Blanc, Château Ausone, Petrus, La Tache, Romanée-Conti e tantos outros vinhos excepcionais, destes que seguramente valem mais de dois mil reais a garrafa, quer pela safra, quer pelos méritos do produtor, não hesite em trazê-lo à Fazenda das Videiras para degustá-lo com os pratos oferecidos pelo nosso restaurante.

Estejam certos de que nós nos sentiremos muito honrados em atendê-los, fazendo todo o serviço do vinho, que lhes será servido em taças adequadas e precedido de decantação, quando for o caso. Para este atendimento personalizado, lhes será cobrada uma “taxa de rolha” de R$ 99,00 (noventa e nove reais), valor este inferior à taxa de serviço de 10% que seria paga se o seu vinho estivesse na nossa Carta de Vinhos.

Desta forma, aquele avarento que aparece de surpresa, trazendo debaixo do braço uma zurrapa comprada na padaria, vai se arrepender amargamente. Educadamente, faremos todo o serviço do vinho, mas neste caso o valor da “taxa de rolha” lhe parecerá exorbitante, pois certamente será mais alto do que o vinho medíocre que ele trouxe debaixo do braço para exercitar o seu pão-durismo às nossas custas...

Gaspar Vianna, sommelier.

Pousada Fazenda das Videiras
RJ 117, km 16 (Estrada Araras-Vale das Videiras, 6000), Acesso pelo km 65 da BR-040 / Vale das Videiras
Araras Petrópolis, Estado do Rio de Janeiro, 25725-029, Brasil
Ligar: +55 (24) 2225 -8090 I 8088 I 8081

Info

Pousada Fazenda das Videiras

Seja bem-vindo ao site oficial da Fazenda das Videiras Se a sua busca é por um lugar onde possa desfrutar integralmente de paz e tranquilidade, você acaba de chegar ao seu destino: a Fazenda das Videiras. Aqui, tudo foi planejado para você descansar e “recarregar as baterias” junto à natureza. Para garantir silêncio e intimidade plena com o espaço natural, três diferenciais: não alugamos instalações para casamentos ou aniversários, não sediamos congressos e nem hospedamos crianças. Encontre-se na natureza exuberante: banhe-se em uma cachoeira ou simplesmente relaxe em uma rede, vendo pavões que passeiam livres pelo jardim ou ouvindo os pássaros que cantam nas árvores frondosas. Escolha entre cinco chalés - com inteira privacidade, situados às margens de um riacho encachoeirado e diante da Mata Atlântica secular e primitiva - e quatro apartamentos - individualmente decorados e instalados no corpo do casarão rural de fazenda, fiel ao estilo do século XIX. Se é este o perfil de pousada que você está procurando, saiba que encontrou o lugar certo. Nós teremos imenso prazer em recebê-lo ! Estamos aguardando a sua chegada ! Erni e Gaspar Vianna, proprietários.